• 20.05.2019

    A quem interessa o "faz de conta de regular" da Antaq?

    André de Seixas
    --
    A questão é que nos pautaremos pelo que é técnico, e não moral, para que a melhor decisão seja tomada, até porque a Antaq continua, enquanto seus dirigentes são transitórios.

  • 13.05.2019

    O Brasil e o jogo contra

    Samir Keedi
    --
    Felizmente agora temos, pela primeira vez nas últimas décadas, um governo decente. Que quer mudar o país. Com nomeações adequadas, apenas com poucas fora do padrão. É a melhor intenção possível. Erros ocorrem com a falta de experiência.

  • 06.05.2019

    Pense num absurdo: a imodicidade da demurrage no Brasil

    Osvaldo Agripino
    --
    Sem limites objetivos nas cobranças permitidas pelo regulador, nunca haverá serviço adequado. Esse é o maior absurdo, especialmente num país que não tem política eficaz de Marinha Mercante, e sequer um navio porta-contêiner de bandeira brasileira, portanto, dependente 100% do cartel de transporte marítimo de contêiner que atua no país: um absurdo.

  • 29.04.2019

    A real causa da disparada do preço dos combustíveis (e não é a Petrobras e nem fatores externos)

    Leandro Roque
    --
    Há várias soluções para a encrenca, mas apenas uma é factível

  • 22.04.2019

    São Paulo inova no diálogo público-privado sistematizado

    Tarcila Reis
    --
    Transmitir a confiança e a transparência necessárias para viabilizar um programa de parcerias do tamanho de São Paulo não é questão de retórica. É preciso sistematizar procedimentos.

  • 15.04.2019

    Abaixa que é a ponte

    Waldeck Ornelas
    --
    Claramente está sendo feita uma escolha equivocada. Basta comparar com o próprio Nordeste, onde Pernambuco e Ceará, pensando no futuro que já chegou, construíram portos off-shore, Suape e Pecém respectivamente, para receber esses grandes navios. Enquanto isto, aqui na Bahia, voluntariamente, e a um custo altíssimo, estaríamos abrindo mão disso.

  • 08.04.2019

    Os chineses e o curto-circuito do Recôncavo

    Paulo Ormindo de Azevedo
    --
    Querem transformar duas obras na Bahia em portfolio para vender sua engenharia bilionária para a América Latina, sem consumir nada no local. Sabem que o pedágio da ponte e a passagem do monotrilho não pagará o investimento, mas abrem mercados.

  • 01.04.2019

    A ponte Salvador-Itaparica vale mesmo a pena?

    Marcus Alban
    --
    Com essas novas dimensões, de acordo com especialistas da área, uma série de plataformas e navios sonda simplesmente não poderão entrar, e nem sair montados no caso de serem feitos aqui.

  • 25.03.2019

    Entraves nos caminhos das ferrovias

    Frederico Bussinger
    --
    Logística é algo mais amplo que transporte; que é mais que infraestrutura de transporte; que é mais que infraestrutura viária... o grande foco das ações governamentais brasileiras.

  • 18.03.2019

    Infraestrutura e logística, vias do desenvolvimento

    Paulo Henrique Cremoneze
    --
    O fato é que o Brasil não promove a navegação de cabotagem nem incentiva o transporte ferroviário.

  • 11.03.2019

    Portos, um novo modelo de gestão

    Milton Lourenço
    --
    Obviamente, se existem no país 37 portos comerciais, não se pode exigir que todos tenham de seguir o mesmo modelo de gestão e orientação, pois isso sempre dependerá das características de cada um.

  • 25.02.2019

    Antaq não explica R$ 12,5 milhões de outorga não pagos

    Portogente
    --
    Ainda mais obscuro fica o entendimento lógico desse caso quando se analisa as ações do ministério para desarmar o negócio. O bizarro desfecho ocorrer dois anos depois do leilão, por meio da Portaria nº 130/2017 do MTPA.

  • 18.02.2019

    Para que servem as agências reguladoras? Nada

    Luisa Purchio
    --
    Elas consomem R$ 8 bilhões do erário e viraram bolsões de lobby e empreguismo. Assim, é melhor encerrar as atividades

  • 11.02.2019

    Planos demais, planejamento de menos

    Frederico Bussinger
    --
    Tão importante quanto o produto (plano) é o processo (planejamento): os atores podem mudar, mas um e outro são imprescindíveis, quer estatizada quer privatizada a gestão, pois há funções que são públicas e indelegáveis.

  • 04.02.2019

    Privatização de portos?

    Frederico Bussinger
    --
    Por ora não está claro. Mas, como já na virada deste século quase 100% das operações portuárias eram executadas por empresas privadas (operadores, arrendatários ou TUPs), supõe-se que objetiva-se privatizar as administrações portuárias: em geral, Cias. Docas.

  • 28.01.2019

    A Bahia se modernizou, mas segue aprisionada a um enigma

    Seja no agronegócio, na cadeia do petróleo e da petroquímica, o estado segue dependente da produção de commodities

  • 21.01.2019

    Para além de investimentos, reformas portuárias

    Frederico Bussinger
    --

  • 14.01.2019

    Extinção da ANTT e da ANTAQ e criação de nova agência reguladora de transportes terrestres e aquaviários

    Mauricio Portugal Ribeiro
    --
    Trata-se de agências reguladoras que têm sido incapazes de lidar com problemas graves nos respectivos setores, que se arrastam há anos.

  • 07.01.2019

    Armazenagem durante a importação

    Rogério David
    --
    Conforme a melhor doutrina administrativista, o custo referente ao controle aduaneiro, que é exercido em prol da coletividade, não deve ser suportado apenas por um indivíduo.

  • 17.12.2018

    A fusão das Agências Reguladoras

    Gilson Victorino
    --
    A fusão das agência reguladoras de transportes, enfim, é hábil medida de superação de gargalos administrativo, alguns premeditados para garantir apoio político ou interesses particularizados que pouco deixam fluir para os reais aspirações públicas.

Usuport Informa


Associe-se
Agenda Mínima da Bahia 2019-2022
Ampliação do Porto de Salvador
Direito dos Usuários
Estatísticas
Prêmio Destaque Usuport