19 de janeiro de 2021 às 10:58

Receita acha 853 quilos de cocaína em carga de proteína de soja exportação no Porto de Santos

Apreensão ocorrida nesta segunda-feira 18 interceptou partida da droga com destino ao Porto de Roterdã, na Holanda

A Receita Federal encontrou 853 kg de cocaína escondidas em uma carga de proteína de soja, que saía do Porto de Santos, no litoral paulista, a 79,2 km de São Paulo, e tinha como destino o Porto de Roterdã, na Holanda. De acordo com informações passadas pela assessoria de comunicação institucional da alfândega da Receita do Porto de Santos, a droga foi identificada por cães farejadores durante atividade rotineira de vigilância e repressão aduaneira na tarde desta segunda (18).

Segundo a Receita Federal, esse tipo de fiscalização tem como objetivo ‘garantir o fluxo do comércio internacional, muito importante para a economia do país, sem perder de vista a segurança das operações’. A droga foi apreendida e entregue à Polícia Federal, que acompanhou a atividade no Porto de Santos. A PF também já recebeu as informações sobre o caso e agora prosseguirá com as investigações.

A artimanha de esconder o entorpecente em cargas comerciais não é raro, de acordo com a Receita Federal, já foi identificado a tentativa de tráfico do produto em carregamentos de sucata, óleo, limão, farinha, papel, tripas de carne, açúcar, café, máquinas, goiabada e proteínas vegetais. Somente no último ano, foi apreendido pela Receita  mais de 20,5 toneladas de cocaína no Porto de Santos. Neste ano, já foi confiscado 1,5 kg da droga.

Fonte: Estadão