02 de dezembro de 2019 às 12:08

Sem infraestrutura portuária não há capacidade competitiva para a Bahia

Tema foi debatido em evento realizado pela Usuport.

Ao abrir a 1ª Conferência Nacional de Usuários dos Portos e o 15º Encontro Anual de Usuários, dia 21 de novembro, o presidente da Usuport, Antonio Rosalvo Filho, destacou o trabalho da entidade ao longo dos seus 15 anos, sempre trabalhando por novos investimentos que ampliem os portos do estado, públicos ou privados, bem como de toda a infraestrutura de transporte de cargas, por considerar que sem isso não há capacidade competitiva nem desenvolvimento econômico. Disse ainda ser necessário um esforço conjunto para dar um passo adiante em busca de uma Bahia pujante e forte, com empresas altamente competitivas no cenário mundial e com portos baianos oferecendo serviços de qualidade e custos justos. Ao longo do dia, a programação contemplou palestras com temas de grande interesse do segmento e propiciou a participação intensa do público durante os debates, dos quais foram mediadores a vice-presidente da Usuport, Fernanda Fernandes, e o gerente de Gestão Empresarial da Abiquim, Luiz Shizuo.A cobertura completa do evento, bem como todas as apresentações, fotos e vídeos podem ser conferidos aqui.