15 de outubro de 2019 às 16:02

Estaleiro Enseada pede recuperação judicial

Este foi o maior investimento privado da Bahia nos últimos 15 anos.

Estaleiro Enseada pede recuperação judicial

O Estaleiro Enseada Indústria Naval (EIN), localizado no município de Maragogipe (BA), pediu recuperação judicial (já aceita) em função de dívidas de cerca de R$ 2,3 bilhões. A empresa estava em recuperação extrajudicial desde 2017. O plano foi solicitado contando que encomendas fossem feitas nesse período e assim fosse possível manter o estaleiro honrando seus compromissos, o que não se concretizou. Ao entrar em recuperação judicial, o estaleiro espera conseguir reestruturar os passivos. “A medida possibilitará a implantação de uma reestruturação financeira definitiva, de forma coordenada, segura e transparente, permitindo a continuidade das suas atividades operacionais e de sua função social de garantir e gerar empregos. A empresa segue normalmente com suas atividades”, diz o comunicado oficial. Este foi o maior investimento privado da Bahia nos últimos 15 anos e sua construção, embora não tenha sido concluída, demandaram cerca de R$ 3 bilhões, chegando a empregar mais de nove mil trabalhadores, mas foi severamente afetado pelo cancelamentode seis sondas contratadas pela Sete Brasil.