Empresa não cumpre determinação da ANTT e interrompe operação de trens de combustível na FCA

16 de julho de 2019 às 07:06

Empresa não cumpre determinação da ANTT e interrompe operação de trens de combustível na FCA

Os fluxos são provenientes das refinarias de Candeias (BA) e Paulínia (SP).

Segundo informação da Agência Infra, a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) negou tentativa da Ferrovia Centro Atlântica (FCA), administrada pela VLI, de suspender o transporte de combustíveis feito por empresas para abastecimento de cidades em Minas Gerais e em parte do Centro-Oeste. Em fevereiro, a VLI avisou que interromperia esses fluxos, provenientes das refinarias de Candeias (BA) e Paulínia (SP), alegando problemas de segurança na via e que não teria como cumprir uma resolução da agência sobre produtos perigosos, editada em 2008. Conforme apurou a Agência Infra, as empresas então pediram à ANTT uma análise sobre o caso e os técnicos da agência determinaram, cautelarmente, que o fluxo não fosse interrompido. Na análise recente de um recurso da VLI contra a decisão, os técnicos apontaram que a empresa não havia apresentado justificativas para os alegados problemas de segurança, que os contratos estavam ativos e eram de longo prazo.