10 de junho de 2019 às 16:31

Terreno de desconfiança

Os piores índices ficaram para a oferta de crédito, PIB estadual e PIB nacional. Inflação, exportação e vendas tiveram as melhores expectativas.

As expectativas do setor produtivo em relação à economia estão cada vez menores. O Indicador de Confiança do Empresariado Baiano (ICEB), calculado pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), apresentou em maio  um quadro de menor confiança em relação a abril. O índice chegou ao menor grau no ano, após registrar em janeiro o mais alto grau de confiança desde novembro de 2012. Os piores índices ficaram para a oferta de crédito, PIB estadual e PIB nacional. Inflação, exportação e vendas tiveram as melhores expectativas.

Fonte: Farol Econômico - Correio*