18 de março de 2019 às 09:10

Leilão de 12 aeroportos arrecada R$ 2,377 bi

A espanhola Aena Desarollo Internacional venceu o lote mais disputado, o do Nordeste

Leilão de 12 aeroportos arrecada R$ 2,377 bi

O governo federal arrecadou R$ 2,377 bilhões em valor de outorga mínima com o leilão de três lotes de aeroportos, um total de 12,  na última sexta-feira (15), em que a espanhola Aena Desarollo Internacional venceu o lote mais disputado, o do Nordeste (Aracaju, João Pessoa, Maceió, Recife, Campina Grande e Juazeiro do Norte). O valor com outorga mínima representa um ágio de 986% em relação ao valor mínimo fixado para o leilão.

O lote Sudeste (Vitória e Macaé) foi vencido pela suíça Zurich, com oferta de R$ 437, e o lote Centro-Oeste (Alta Floresta, SINOP, Cuiabá e Rondonópolis) pelo consórcio Aeroeste, formado pelos grupos Socicam e Sinart, que ofereceram R$ 40 milhões.

“O Brasil voltou para o jogo do investimento internacional, demonstrando que a economia brasileira vai voltar a acelerar”, disse o ministro Tarcísio de Freitas.

Vale ainda lembrar que o segundo leilão de concessões, previsto para ocorrer na próxima sexta-feira (22), vai realizar o arrendamento de quatro áreas portuárias: três em Cabedelo (PB) e uma em Vitória (ES). Os investimentos previstos são da ordem de R$ 199 milhões.