Caso não consiga ler este email, por favor clique aqui

Usuport nº 306   
 
16 de Jun de 2017  

Aeroporto de Salvador terá leitura biométrica

A francesa Vinci Airports planeja adotar a biometria como meio de realizar check-in  nos aeroportos que administra, que inclui também o Aeroporto Internacional de Salvador. O uso da impressão digital vai facilitar o processo de embarque nos aviões e otimizar o tempo dos usuários. O contrato de concessão do aeroporto de Salvador com a Vinci deve ser assinado até 27 de julho, segundo informação do Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil.

 
  CMA-CGM compra a Mercosul Line  
 

A empresa francesa de transporte de contêineres CMA-CGM fechou um acordo para a compra da Mercosul Line, unidade brasileira de cabotagem do conglomerado dinamarquês Maersk Line. Em comunicado conjunto, CMA-CGM e Maerskafirmam que a Mercosul Linevai fortalecer as operaçõesda companhia francesa na América do Sul. A operação ainda está sujeita à aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) e depende do fechamento da fusão entre Maersk Line e Hamburg Süd. A previsão é que o processo seja concluído até o fim deste ano.

 
  TUP’s lideram movimentação de cargas  
 

Dados do Anuário CNT do Transporte 2017 mostram que os portos brasileiros movimentaram 997 milhões de toneladas de cargas em 2016, queda de 1,1% em relação a 2015. Os granéis sólidos como minérios, grãos e carvão foram os tipos de cargas mais movimentadas, totalizando 628,9 milhões de toneladas, sendo que a maior parte foi movimentada em terminais de uso privativo (TUP’s). Nos portos organizados, em 2016, foram movimentados 342 milhões de toneladas de cargas, redução de 2,5% em relação a 2015. A publicação lançada no última 13 pelo Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil (MT) em parceria com a Empresa de Planejamento de Logística (EPL) traz indicadores de desempenho dos modais rodoviário, ferroviário, aéreo e aquaviário, no período de 2010 e 2016. Confira o documento na íntegra aqui.  Confira o documento na íntegra aqui.

 
  Recuperação nos portos deve levar três anos  
 

Segundo previsão da Maersk Line, líder mundial em transporte de contêineres, o Brasil só vai recuperar os volumes de importação e exportação movimentados antes do início da crise econômica, em 2020. A empresa, que usa como base a participação do país nas trocas comerciais, prevê que as importações brasileiras registrarão dois dígitos de crescimento até, pelo menos, setembro, mas é possível que esse índice caia para um dígito no quarto trimestre, antes do Natal.

 
  Lei de concessão em transportes é sancionada com vetos  
 

O presidente Michel Temer sancionou com vetos a Lei 13.448/2017, originária da MP das Concessões. A nova lei estabelece condições para a prorrogação e a relicitação de contratos de parceria entre governo e setor privado nos setores rodoviário, ferroviário e aeroportuário. As regras se restringem aos empreendimentos federais que fazem parte do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), criado pela Lei 13.334/2016. A medida permite que os termos da prorrogação de contratos de ferrovias incluam obrigações de capacidade de transporte para terceiros (direito de passagem), de forma a garantir o acesso à infraestrutura ferroviária por meio de compartilhamento e parâmetros de qualidade dos serviços. O texto também permite que os contratos do setor ferroviário contemplem novos trechos ou ramais ferroviários com extensão necessária para atender polos geradores de carga. Confira a Lei na íntegra clicando aqui.

 
  PIB de transporte cresce 2,8%  
 

Depois de nove trimestres consecutivos de resultados negativos, o PIB (Produto Interno Bruto) do setor de transporte e logística registrou crescimento de 2,8% no primeiro trimestre de 2017 em relação ao último trimestre de 2016, beneficiado pelo escoamento da safra recorde de soja. Esse é o resultado divulgado no dia primeiro de junho pelo IBGE, que, no mesmo período, apurou crescimento de 1% no PIB geral do Brasil.A agropecuária registrou incremento de 13,4% também em relação ao último trimestre do ano passado. Na comparação com o primeiro trimestre de 2016, o setor de transporte ainda registra queda de 2,2%. No acumulado dos quatro últimos trimestres, transporte e logística registram queda de 5,9%.

 
  Concessões rodoviárias terão comissão permanente  
 

O Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil publicou portaria no Diário Oficial, do último dia 13, instituindo uma Comissão Permanente para acompanhar e desenvolver projetos de concessões rodoviárias do governo federal. A finalidade é cuidar de 13 concessões que tiveram estudos lançados entre 2014 e 2016, além dos projetos que estão no âmbito do Programa de Parceria de Investimentos(PPI) e de outros que vierem a ser feitos dentro do âmbito do ministério, inclusive parcerias com governos estaduais. A comissão será formada por seis integrantes, sendo três do ministério, um do PPI, um da Empresa de Planejamento e Logística(EPL) e um da Agência Nacional de Transportes Terrestres(ANTT).

 
  Resolução da ANTT sobre participação social passa por revisão  
 

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) realizará a Audiência Pública nº 006/2017, para colher contribuições a fim de aprimorar a proposta de revisão da Resolução nº 3.705/2011,que dispõe sobre os mecanismos do Processo de Participação e Controle Social no âmbito da agência reguladora. O período para envio das sugestões será das 8h do dia 19/6/2017 até as 18h de 4/8/2017. Os interessados também poderão participar da sessão presencial que acontecerá no dia 27/6, em Brasília (DF). Confira a íntegra da Resolução clicando aqui.

 
 

 

 
Avenida da França, 164 - s/ 309, 40010-000 - Salvador - Bahia   Telefax:(71) 3241-7337 usuport@usuport.org.br
www.usuport.org.br
Não responda este e-mail. Qualquer dúvida entre em contato conosco através de nosso website.