Caso não consiga ler este email, por favor clique aqui

Usuport nº 296   
 
16 de Jan de 2017  

Exportações da Bahia registram o pior resultado dos últimos 10 anos

Segundo analise da Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), autarquia da Secretaria do Planejamento (Seplan), o menor volume físico de embarques em 11,1%, principalmente de produtos agrícolas,  foi um dos principais fatores que derrubaram as vendas ao exterior do estado, no ano passado. As exportações somaram US$ 6,78 bilhões, com redução de 14% em relação ao ano anterior, menor volume desde 2006, quando alcançaram US$ 6,77 bilhões. As importações, que tiveram redução ainda maior, atingiram US$ 6,15 bilhões e queda de 25,8% ante 2015. Todos os principais segmentos da pauta de exportação do estado registraram quedas em relação ao ano anterior, sobretudo as vendas de produtos básicos que caíram 31,3%, fruto principalmente da redução nos embarques de produtos do agronegócio que ficaram 25% menores, além da queda média de preços no mercado internacional.

 
  Obra do quebra-mar norte no Porto de Salvador será iniciada  
 

O governo federal liberou uma verba de 60,5 milhões para a Companhia das Docas do Estado da Bahia (Codeba), com objetivo de executar a obra de prolongamento do quebra-mar norte do Porto de Salvador. A extensão a ser ampliada é de 400 metros, que vão se somar aos 1,1 mil metros existentes. A obra, que deverá ser concluída ainda este ano, segundo a Codeba, está orçada em cerca de R$ 100 milhões.

 
  Aumenta a utilização de contêineres em ferrovia  
 

Em novembro de 2016, a concessionária ferroviária MRS colocou em circulação o seu maior trem de contêineres, com 100 TEUs, que superou em 10 TEUs a marca anterior. A composição partiu do Tecon Santos, no Porto de Santos (SP), e chegou a São José dos Campos, no Vale do Paraíba (SP), em uma das rotas consideradas pela empresa mais estratégicas para o segmento. Após a criação dos serviços especializados, com grades fixas, o crescimento do transporte de contêineres tem sido da ordem de 30% ao ano, nos últimos dois períodos fechados.

 
  Governo prevê que novo fundo financie infraestrutura  
 

A expectativa do governo brasileiro é que um fundo conjunto com a China,da ordem de US$ 20 bilhões,criado em 2016, comece a financiar projetos de infraestrutura, a partir de março, que inclui ofertas em leilões de concessões de ativos como estradas, portos, aeroportos e operações logísticas. Segundo declaração do secretário de assuntos internacionais do Ministério do Planejamento, Jorge Arbache, os países querem que o fundo financie a construção de ferrovias que liguem áreas produtoras de soja e milho do Brasil com portos exportadores, uma vez que a China é a maior compradora de grãos brasileiros.O governo planeja lançar um novo programa de concessões no setor de infraestrutura em março.

 
  Indústria Ferroviária espera que concessões sejam renovadas em 2017  
 

A indústria ferroviária prevê um incrementona produção nacional, principalmente em função das novas concorrências nos modelos PPP ou concessão, esperadas para 2017. Conforme avaliação de especialistas do segmento, a indústria de vagões, locomotivas e materiais para via permanente dependerá da continuidade dos investimentos das concessionárias Rumo, VLI, MRS e Vale, que por sua vez negociam com o governo a prorrogação antecipada de seus contratos, que vencerão em 10 anos. A provável retomada de encomendas deverá apresentar reflexos positivos sensíveis a partir do segundo semestre.

 
  Ministério dos Transportes deverá regulamentar valores mínimos do frete  
 

Nos meses de janeiro e julho, o Ministério dos Transportes deverá regulamentar os preços mínimos do frete por eixo carregado referentes ao quilômetro rodado. A publicação dos valores deverá ocorrer até o dia 20 de janeiro e 20 de julho, conforme aprovado no projeto de lei 528/2015, que define uma política de preços mínimos para o setor de transporte de cargas.O projeto de lei 528/2015 (clique aqui), que cria a Política de Preços Mínimos do Transporte Rodoviário de cargas, foi aprovado por unanimidade pelos deputados federais que compõe a Comissão de Viação e Transporte na Câmara Federal em dezembro de 2016 e está agora na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania para analise.

 
  Audiência Pública sobre concessões rodoviárias  
 

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) informa que a nova data para a realização da sessão presencial da Audiência Pública nº 9/2016, será no dia 27/1, das 14h às 18h, no edifício-sede da ANTT. A audiência tem o objetivo de colher sugestões para a proposta de aplicação de incidência de atenuantes e agravantes no processo sancionatório de concessões rodoviárias. Os interessados também poderão encaminhar as contribuições para melhorar a proposta até as 18h do dia 27/1. Informações sobre o objeto desse processo de participação social, as orientações acerca dos procedimentos da audiência e o formulário para envio de contribuições estão disponíveis no site da Agência.

 
  Aeroporto de Guarulhos é o segundo do mundo em pontualidade  
 

Um levantamento da empresa britânica OAG divulgado no início do mês, mostra que o Aeroporto Internacional de Guarulhos (SP) foi o segundo mais pontual do mundo em 2016 (na categoria 10 a 20 milhões de passageiros/ano), subindo uma posição em relação à mesma pesquisa de 2015. O aeroporto de Salvador ficou em 19ª posição (na categoria 2,5 a 5 milhões de passageiros/ano). Entre as companhias aéreas, a Gol ficou em segundo lugar na categoria baixo custo e em 13º lugar no ranking geral. Já a Avianca Brazil ficou em 18º entre as companhias que não são consideradas low cost. O levantamento é feito usando a base de dados de agências de viagens aéreas de todo o mundo e informações de status de vôo, revelando rankings de todas as companhias aéreas, além dos melhores aeroportos, que são separados por número de passageiros por ano.

 
 

 

 
Avenida da França, 164 - s/ 309, 40010-000 - Salvador - Bahia   Telefax:(71) 3241-7337 usuport@usuport.org.br
www.usuport.org.br
Não responda este e-mail. Qualquer dúvida entre em contato conosco através de nosso website.