26 de julho de 2010 às 18:58

Complexo Intermodal Logístico Porto Sul

Decisão do Conselho Diretor

A Associação de Usuários dos Portos da Bahia é favorável à implantação do Complexo Intermodal e Logístico Porto Sul, composto por novo porto em Ilhéus (BA), ferrovia, retro-área e serviços. Entende que é um projeto necessário pela dimensão geográfica do Estado da Bahia e de integração com o país, que mira o futuro e poderá assegurar as condições para as necessárias transformações sócio-econômicas almejadas pela sociedade baiana.

Também, os associados da Usuport entendem que o Governo do Estado da Bahia deve dar andamento às ampliações dos Portos de Salvador e Aratu, para atender às demandas atuais e recorrentes da economia baiana, assim como o indispensável e prévio planejamento para integração destes com o novo sistema do Complexo Intermodal Logístico Porto Sul.

Recomenda ainda que sejam observadas as seguintes condições:

1. Implantação do terminal privado da Bahia Mineração, prioritariamente, como forma a dar a necessária resposta e velocidade ao projeto;

2. Promoção do desenvolvimento de recursos humanos das regiões Sul, Sudoeste e Oeste da Bahia, com a integração, expansão e implantação de novos sistemas educacionais, técnico, universitário e centros de pesquisas, que permita acompanhar adequadamente os efeitos da implantação das novas infraestruturas e serviços logísticos;

3. Criação de eficientes infraestruturas, valorizando a livre iniciativa, para permitir a saudável competição na prestação de serviços logísticos, focadas na competitividade da economia regional;

4. Cumprimento dos requisitos de sustentabilidade, com base na legislação ambiental, e manutenção de diálogo permanente com as comunidades, para a harmonização de todos os interesses;

5. Realização de planejamento integrado às novas infraestruturas, com o estabelecimento de regras para ordenamento territorial, considerando aspectos sócio-culturais, econômicos e, sobretudo, impactos sobre a atividade do turismo, uma das vocações naturais da Região Sul, por meio da elaboração de Plano Diretor, Zoneamento e Desenvolvimento, e da implantação de efetivo sistema de fiscalização e controle, para integração harmônica do tecido urbano.

 

Versão em pdf