01 de novembro de 2018 às 14:31

Presidente da Codesp é preso por suspeitas de fraudes em contratos

As auditorias apontam irregularidades como fraude, favorecimento, superfaturamento e cartel entre empresas.

Presidente da Codesp é preso por suspeitas de fraudes em contratos

 

Durante a Operação Tritão, a Polícia Federal prendeu ontem (31) José Alex Oliva, presidente da Codesp (Companhia Docas do Estado de São Paulo), estatal ligada ao Ministério dos Transportes que administra o Porto de Santos. A investigação apura suspeita de fraude em licitação e corrupção em contratos da estatal no valor de R$ 37 milhões.Parte inferior do formulário.

Nas auditorias, técnicos da CGU (Controladoria Geral da União) e do TCU (Tribunal de Contas da União) apontam irregularidades como fraude, favorecimento, superfaturamento e cartel entre empresas.

Além do presidente, mais cinco pessoas foram presas: ex-assessor do presidente, Carlos Antônio de Souza; o diretor de mercado da Codesp, Cleveland Lofrano; o diretor jurídico da Codesp, Gabriel Eufrasio; e os empresários Mario Jorge Paladino e Joabe Francisco Barbosa. Também foram cumpridos 20 mandados de busca e apreensão em São Paulo, Santos, Barueri, Guarujá, Rio de Janeiro, Fortaleza e Brasília.

Fonte: Ascom/Usuport