17 de setembro de 2018 às 08:50

Algodão da Bahia e frutas do Oeste em alta no mercado internacional

Os produtores de algodão já planejam aumentar em 20% a área plantada no próximo ano.

Algodão da Bahia e frutas do Oeste em alta no mercado internacional

A safra baiana de algodão 2018 nem acabou de ser colhida e os compradores estrangeiros já estão de olho na próxima, que só será plantada em 2019. Um grupo formado por 25 empresários de indústrias têxteis, a maioria asiáticos (Bangladesh, China, Indonésia, Vietnã, Turquia e Colômbia) fizeram visita técnica aos campos do Oeste para conhecer de perto a produção do estado.

Através dos relatórios, a comitiva confirmou a qualidade da fibra dentro dos padrões internacionais de resistência, elasticidade e comprimento. De olho na projeção de expansão deste mercado, os produtores da Bahia já planejam aumentar em 20% a área plantada no próximo ano, alcançando 313 mil hectares.

Também começou com demanda aquecida o período de safra no Vale do São Francisco e a expectativa é de que haja um crescimento de 15% nas exportações, em comparação com o mesmo período do ano passado. A maior parte das frutas colhidas na região será enviada para países da América, Europa, África e Ásia.

Fonte: Ascom/Usuport