16 de julho de 2018 às 09:04

CGU aponta superfaturamento na Fiol

Segundo o órgão, as obras foram precedidas de planejamento precário que culminaram na elaboração de projetos básicos e executivos deficientes.

CGU aponta superfaturamento na Fiol

Relatório elaborado pela Transparência e Controladoria-Geral da União (CGU) com base na avaliação da construção da Ferrovia Norte-Sul (FNS – Extensão Sul) e da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol), sob responsabilidade da Valec, apontou um superfaturamento nas obras que chegou a mais de R$ 150 milhões. As fiscalizações foram realizadas em quatro das 13 obras em andamento. Duas foram em 2013 (Lotes 2F da Fiol e 2S da FNS – Extensão Sul) e quatro em 2015 (Lotes 3F da Fiol e 3S, 4S e 5S da FNS – Extensão Sul). Os 12 contratos fiscalizados (com aditivos contratuais) somam quase R$ 4 bilhões e representam 59,6% dos recursos empenhados de 2012 a 2015. De acordo com a CGU, as obras foram precedidas de planejamento precário que culminaram na elaboração de projetos básicos e executivos deficientes,com falhas nas fases de desapropriação, de licenciamentos ambientais, entre outros. Acesse o relatório na íntegra

Fonte: Ascom/Usuport