01 de novembro de 2017 às 11:44

MPF entra com ação para preservar patrimônio ferroviário em Minas

-

O Ministério Público Federal em Divinópolis (MG) entrou com ação civil pública contra órgãos do governo federal e concessionária para que adotem medidas de proteção de estações ferroviárias na região Centro-Oeste do Estado. Na ação, o MPF exige que Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes), ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres), Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) e a concessionária Ferrovia Centro Atlântica façam levantamento de todosos imóveis ferroviários que possuam relevância histórica e cultural. Também pede que a justiça obrigue os órgãos a realizar manutenções das estações ferroviárias e imóveis.