16 de outubro de 2017 às 15:49

Liminar determina que Antaq julgue ampliação de terminal portuário

-

Uma liminar da Justiça do Distrito Federal, expedida dia 5 de outubro, determinou que seja pautado e julgado no prazo de 30 dias, o processo que tramita na Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq) envolvendo o terminal de uso privado (TUP) do grupo Chibatão, em Manaus (AM). A defesa alega que o trâmite sobre ampliação do terminal da Chibatão Navegação e Comércio, que inclui pedido de alteração do perfil de carga nele movimentado, foi retirado da pauta pela diretoria da Antaq diversas vezes, apesar de iniciado há aproximadamente um ano e meio na agência e já instruído há mais de quatro meses.