18 de setembro de 2017 às 15:20

Maior porto da AL não pode receber grandes navios

-

Devido à falta de dragagem, as exportações de café e açúcar do Brasil vêm se acumulando no porto de Santos, o mais movimentado da América Latina, e as importações estão diminuindo. Os navios que transportam contêineres não podem navegar completamente cheios pelo canal do porto, sob risco de encalhar. Segundo estimativa da Centronave, associação das empresas de navegação, o setor de transporte marítimo perdeu R$ 325,5 milhões (US$ 105 milhões) em receitas nas três primeiras semanas de julho, quando a profundidade do canal atingiu seu ponto mais raso.