17 de julho de 2017 às 09:31

MG e PR lideram acidentes de caminhões

-

Dados do Atlas da Acidentalidade do Trânsito Brasileiro, desenvolvido pela montadora Volvo, aponta Minas Gerais como a unidade da Federação mais perigosa quando o assunto são caminhões, seguido do Paraná. Em 2016, Minas Gerais teve 4.574 acidentes, 2.777 feridos leves, 956 feridos graves e 459 mortes. O Paraná registrou 3.190 acidentes, com 1.524 feridos leves, 582 feridos graves e 260 mortes. O terceiro estado é Santa Catarina, com 2.557 acidentes no ano passado. De acordo com o levantamento, só em 2016 foram registrados 96.358 acidentes com caminhões em todo o país (cerca de 263 por dia), com 216 mil pessoas envolvidas, 65,2 mil feridos leves, 21,4 mil feridos graves e 6,3 mil mortes. Em nove anos, entre 2007 e 2016, foram registradas 76,7 mil mortes ocasionadas por acidentes com esse tipo de veículo nas rodovias do país. Especialistas e autoridades afirmam que entre as causas para esses números, estão o cansaço dos motoristas; a imprudência; falta de manutenção adequada dos veículos; má formação dos condutores e problemas estruturais de ruas e rodovias. Além disso, o país tem uma dependência do transporte rodoviário de cargas por não utilizar a contento outros modais, como ferrovias ou o transporte fluvial.