17 de julho de 2017 às 09:28

Comércio exterior baiano tem crescimento de 12% no acumulado do ano

Junho movimentou cerca de 1,7 milhões de toneladas contra 1,7 milhões em maio.

Junho (2017) – Maio (2017):

Em junho, o comércio exterior baiano registrou crescimento nulo em relação ao mês anterior, ao movimentar cerca de 1,7 milhões de toneladas contra 1,7 milhões em maio.

Do total de 1,7 milhões de toneladas movimentadas, 721 mil toneladas corresponderam às importações, com um crescimento de 40% em relação ao período anterior, e 1,0 milhão de toneladas às exportações, que registraram uma queda de 17% em relação ao mês anterior.

No mês, a movimentação de cargas soltas e/ou granéis cresceu 4% e das 1,5 milhões de toneladas, 16% foram movimentadas por portos ou terminais de uso privativo de outros estados, somando quase 251 mil toneladas. Já o volume de cargas conteinerizadas movimentadas fora do estado correspondeu a 36%, atingindo aproximadamente 70 mil toneladas.

 

Junho (2017) – Junho (2016):

Comparando o mês com o do ano anterior, o comércio exterior baiano cresceu 56%. As cargas soltas e a granéis aumentaram 69% e as cargas conteinerizadas caíram 3%. As importações aumentaram de 412 mil toneladas para 721 mil (75%), assim como as exportações que passara de 702 mil toneladas para 1,0 milhão (44%).

 

 

No Ano:

Ao se comparar o acumulado do ano corrente com o do ano de 2016, o resultado mostra que houve um crescimento de 12% na movimentação de cargas, com uma movimentação em 2017 de 10,4 milhões de toneladas. Na movimentação de cargas soltas e granéis foi verificado crescimento de 15% e na de cargas conteinerizadas queda de 8%. As exportações subiram 10%, atingindo aproximadamente 5,6 milhões de toneladas, enquanto as importações aumentaram 14%, figurando em cerca de 4,8 milhões de toneladas.

Quanto ao tipo de carga, cerca de 9,3 milhões de toneladas foram cargas soltas ou a granéis, enquanto 1,1 milhões foram cargas conteinerizadas. Ademais, das 9,3 milhões de toneladas de cargas soltas e granéis movimentadas, aproximadamente 1,4 milhões foram movimentadas pelos portos de outros estados, o que representa uma parcela de 16%. Das 1,1 milhões de toneladas de cargas conteinerizadas, 313 mil toneladas foram movimentadas por portos fora da Bahia e o seu percentual atinge 27% do total destas, movimentadas até então.

Cargas do comércio exterior baiano - via marítima
 (em 1.000 toneladas)

Comparação mensal

Jun.2017

Mai.2017

Variação

TOTAL

1.734

1.730

0%

Portos da Bahia

1.413

1.440

-2%

Portos de outros Estados

321

290

11%

Fluxo:

 

 

 

Importação

721

516

40%

Exportação

1.013

1.213

-17%

Tipo:

 

 

 

Soltas e granéis

1.539

1.478

4%

Portos da Bahia

1.288

1.235

4%

Portos de outros Estados

251

243

3%

Conteinerizadas

195

252

-22%

Portos da Bahia

126

205

-39%

Portos de outros Estados

70

46

51%

Comparação mensal

Jun.2017

Jun.2016

Variação

TOTAL

1.734

1.113

56%

Fluxo:

 

 

 

Importação

721

412

75%

Exportação

1.013

702

44%

Tipo:

 

 

 

Soltas e granéis

1.539

912

69%

Conteinerizadas

195

201

-3%

Comparação anual

Jan-Jun.2017

Jan-Jun.2016

Variação

(Acumulado)

 

 

 

TOTAL

          10.465

            9.359

12%

Fluxo:

 

 

 

Importação

            4.854

            4.249

14%

Exportação

            5.611

            5.110

10%

Tipo:

 

 

 

Soltas e granéis

            9.320

            8.117

15%

Portos da Bahia

            7.847

            6.722

17%

Portos de outros Estados

            1.473

            1.395

6%

Conteinerizadas

            1.146

            1.243

-8%

Portos da Bahia

               833

               862

-3%

Portos de outros Estados

               313

               381

-18%

 

               Fonte: Secex/Mdic

Fonte: Usuport, com informações da Codeba