12 de julho de 2017 às 10:06

Fundo da Marinha Mercante financia construção de rebocadores

O documento garantiu os recursos de US$ 54 milhões para a construção das embarcações no estaleiro da operadora em Guarujá (SP)

A operadora de serviços portuários Wilson Sons assinou contrato de financiamento com o Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES) para a construção de seis novos rebocadores. Os rebocadores são barcos de menor porte projetados para realizar manobras delicadas como atracação e desatracação de embarcações como barcaças ou navios.

O documento, assinado na última semana de junho, garantiu os recursos de US$ 54 milhões, do Fundo da Marinha Mercante (FMM), para a construção das embarcações no estaleiro da operadora em Guarujá (SP).

Para esses novos seis rebocadores, o projeto prevê as instalações de sistema de propulsão azimutal, o que significa que o mecanismo que converte a potência do motor dos barcos e navios em impulso possibilitará a utilização da força total para a manobra da embarcação por meio de rotação de até 360º da parte subaquática.

Em 2016, o FMM finalizou 2016 com R$ 3,5 bilhões de desembolsos de financiamentos e R$ 400 milhões em incentivos pagos. Em 2017, já foram desembolsados cerca de R$ 300 milhões de financiamentos e R$ 65 milhões em incentivos pagos, 29 embarcações foram entregues e finalizadas as obras em 3 estaleiros.

A atuação do FMM tem a finalidade de promover o investimento privado para o desenvolvimento da marinha mercante e da indústria de construção e reparação naval no País.

Fonte: Portal Brasil